Seu zé, após velar a mãe sozinho, ganhou 30 mil em vaquinha online é assassinado
  • Alpha

Seu zé, após velar a mãe sozinho, ganhou 30 mil em vaquinha online é assassinado

Seu Zé velou e enterrou sua mãe sozinho. Disse ser "o dia mais triste de sua vida".



Sua história despertou a adormecida compaixão de dezenas de milhares de pessoas pela internet, eu incluso. Ele morava em uma kitnet simples, num bairro pobre de Goiás. Em pouco menos de uma semana, sua vaquinha já contava com mais de R$ 30 mil.


A vida de Seu Zé foi marcada por tristeza e tragédia. Seu único filho saiu de casa e nunca mais manteve contato. Sua esposa também o havia deixado. Passou por três cirurgias malsucedidas para tentar resolver um problema na mandíbula, o que deixou parte do osso à mostra. Na semana retrasada, essa parte caiu.


Seu Zé, no Instagram, relatou que não aguentava de tanta dor. Poucas semanas depois de ter enterrado a própria mãe sozinho.


Hoje pela manhã, recebemos a notícia de que Seu Zé havia morrido. Os assassinos atearam fogo em sua casa e roubaram o acesso à vaquinha. Com 80% do corpo queimado, Seu Zé não resistiu.


Impossível conhecer tanto de uma pessoa apenas por suas redes sociais. Mas o que sabíamos era que Seu Zé, apesar de todos os penares, era uma alma santa.


Recebia duas cestas básicas do governo. Mas sempre doava uma para outra família que estava necessitando.


Deixava restar um pouco de comida no prato para dar aos vários cachorros que cuidava em sua rua.


Postava mensagens de motivação e inspiração. Mantinha a cabeça alta, mesmo com a água no pescoço. E então teve o corpo carbonizado.


Difícil é acreditar que há esperança para as pessoas boas. As que fazem o bem sem pedir nada em troca. As que acreditam que a mão direita faz sem que a esquerda precise vê-la.


Perdemos, como é de costume. Ele, que enterrou sua mãe sozinho, não poderá sequer ter seu próprio velório.


Que mundo miserável. D*us o terá em sua infinita misericórdia. E o mármore do inferno estará reservado aos vermes que cometeram tamanha atrocidade.


#JustiçaParaSeuZé

(Texto de: Samuel Guterman)

#Peach

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 por Alpha - Portal de Mídia e Notícias

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now