• Alpha

Mulher é condenada por cortar pênis do namorado com tesoura de jardinagem

por causa de "exposed" de fotos íntimas

Uma mulher da Argentina de iniciais B.B foi condenada a 13 anos de prisão por tentativa de assassinato após cortar o pênis de Sérgio F, de 42 anos. Ela foi julgada no Tribunal de Córdoba. Ela confessou ter planejado o crime, mas disse que não era a sua intenção matá-lo.Ela revelou, no julgamento, que decidiu fazer isso após descobrir que Sérgio compartilhou fotos e vídeos íntimos dela com seus amigos, usando-a como um "troféu", segundo as palavras dela.

"Ele violou minha privacidade, minha vida e minha carreira. Tudo foi arruinado". Mas para operar seu plano, ela preparou uma armadilha. Colocou uma venda nos olhos de Sérgio, e ele tinha que adivinhar qual parte do corpo dele ela iria tocar. "Ela também queria me amarrar, mas eu não deixei. Ela fez sexo oral em mim e então em senti um negócio". Os vizinhos ouviram o homem gritando e chamaram a polícia. Uma foto do homem todo ensanguentado foi tirada pelos vizinhos, que socorreram ele.

Em uma primeira versão do depoimento, a mulher disse que o homem forçou a entrada em seu apartamento e estava tentando abusá-la sexualmente, alegando legítima defesa. Porém, com os depoimentos dos vizinhos, ela mudou a história e confessou o crime. 90% de seu pênis, bem como um testículo, foram cortados de uma vez só pela tesoura de jardinagem. Sérgio passou 8 dias em coma, disse que sua masculinidade agora é "diferente", sofre de ataques de pânico, insônia e agora tem medo de mulheres. A decisão para condenar a mulher foi unânime: 13 anos de prisão.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 por Alpha - Portal de Mídia e Notícias

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now