Homem que cresceu sem o pai faz vídeos-tutorial para jovens na mesma condição
  • Alpha

Homem que cresceu sem o pai faz vídeos-tutorial para jovens na mesma condição


Ser abandonado(a) por qualquer um dos parentes é marcante pra qualquer pessoa, e na maioria dos casos isso afeta a pessoa de tal modo que muitas sequelas por conta disso acontecem. Alguns passam a vida inteira remoendo um ódio por um pai que o abandonou antes de seu nascimento, e ficam pensando "o que eu tenho de errado?", quando na verdade quem tem algo de errado é ele.


Rob Kenney passou por algo que alguns podem considerar pior: ele é um de oito filhos. Em Belleuve, em Washington, ele viu, dia após dia, seu pai e a sua mãe se distanciarem cada vez mais. Após o "divórcio", que nada mais é do que um dispositivo que destrói famílias inteiras, o pai ficou com a custódia.


Mas ele ter lutado pela custódia provou-se ser mais vontade de ferir os sentimentos da mulher do que amor pelos filhos: um pouco depois ele foi expulso da casa do pai, que anunciou que não queria mais filhos. Rob, aos 14 anos, foi morar no trailer do irmão.

Muito tempo se passou, Rob se casou, teve dois filhos e cuidou deles do jeito certo, eles viraram adultos e foram pra faculdade. Então Rob se lembrou de como foi difícil se virar sem um pai ensinando as coisas da vida pra ele. Coisas que depois que você aprende se tornam bobas, mas se você nunca aprende, acabam sendo obstáculos. E na adolescência normalmente se tem vergonha de perguntar pro amigo da mesma idade essas coisas.


É importante saber como apropriadamente colocar uma gravata se estiver procurando emprego. É importante saber como desentupir um vaso rapidamente, afinal, você não quer que uma névoa fétida tome conta da sua casa. É importante saber como tirar um chumaço de cabelo travando o ralo do chuveiro. E se pensar bem, a maioria dos adolescentes de hoje não fazem ideia de como fazer tais coisas.

De todas essas considerações, Rob decidiu começar um canal no Youtube pra adolescentes que precisam se virar sem um pai, chamado "Pai, Como Eu Faço?" (Dad, How Do I?). Nesse canal ele ensina todas essas coisas: como dar nó em gravata, como se barbear, como desentupir ralo, como passar a roupa pra entrevista de emprego, dentre muitas outras coisas.


Isso foi há um mês e meio, e ele fez despretensiosamente, mas aparentemente tem muita gente nessa situação, e ele já juntou 1.5 milhões de inscritos. Segundo o homem, essa ideia permeava sua cabeça há tempos, mas ele sempre arranjava "auto-desculpas" pra não pôr em prática. Porém, agora ele não conseguiu desculpa nenhuma.


"Eu tinha muitas desculpas, mas enquanto estamos em quarentena, elas acabaram". Obrigado pelas circunstâncias, ele fez o primeiro vídeo: como dar um nó em um gravata:

Rapidamente outras coisas começaram a ser ensinadas, com tutoriais sobre como passar roupa, como desentupir ralos, como se barbear, e por aí vai. O fato revelador é que em apenas um mês e meio ele está cheio de inscritos, mostrando que certo fenômeno está ocorrendo: os adolescentes não estão mais aprendendo com os pais. Seja pelo abandono, o que é mais raro, mas acontece (afinal, é o caso de Rob), e seja pela negligência, onde o menino é só alimentado e enfiado na escola, ganha um videogame e "que não encha o saco!". Tais moços estão sedentos por alguém que os ensine tais coisas. Fica o recado.

Recentemente ele gravou um vídeo agradecendo aos 1.5 milhões de inscritos, e diz que ainda está processando a informação, que parece algo que ele só veria em sonhos.




Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 por Alpha - Portal de Mídia e Notícias

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now