• Alpha

Assassino de 12 anos confessou ter matado menina de 9 anos

SP: Raissa, autista de 9 anos foi encontrada morta pendurada em árvore.

Um ASSASSINO de 12 anos confessou o crime, segundo a Polícia Civil. A possibilidade de abuso sexual não está descartada Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de nove anos, foi encontrada morta pendurada em uma árvore, poucas horas após desaparecer durante festa, no Centro Educacional Unificado (CEU) Perus, na Zona Norte de São Paulo, no último domingo, 30 O corpo de Raíssa foi enterrado à tarde no Cemitério Municipal de Perus sob forte emoção. A garota, que fazia tratamento para autismo há um ano, estava dependurada em uma árvore por uma tira amarrada envolta do pescoço. Segundo o boletim de ocorrência, em princípio não se trata de enforcamento e o rosto tinha mancha de sangue que cobria toda a face, além de algumas lesões nos ombros. Vânia, mãe da menina, contou à polícia que levou Raíssa e o irmão mais novo dela para a festa o CEU por volta das 12h. O local estava cheio de crianças. Ela deixou a menina brincando em um pula-pula para buscar pipoca para o filho. Quando voltou, ela não estava mais lá.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 por Alpha - Portal de Mídia e Notícias

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now